Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

Apresentados

Onde está a nossa alegria?

Aguarela do Pe. Filipe Azevedo (Diocese do Porto), disponibilizada na página da Diocese para usos pastorais   «Veio como testemunha, para dar testemunho da luz, a fim de que todos acreditassem por meio dele. Ele não era a luz, mas veio para dar testemunho da luz» (cf. Jo 1, 6-8) Todos nós já fomos fazendo ou ainda fazemos a experiência de estarmos rodeados de gente e mesmo assim sentir que estamos sozinhos e todos já fizemos a experiência quando tudo à nossa volta é alegria e nós estamos tristes. É a experiência que vamos fazendo cada dia e em cada tempo, porque alegria e tristeza andam sempre juntas e isso mostra-nos o Evangelho. A alegria de que se fala hoje é uma alegria que é fruto do Espírito Santo, porque é o resultado de uma vida em Deus. Muitas vezes o nosso afastamento de Deus, torna-nos tristes. Mas, «pior que um santo  triste é um triste santo», como diz a sabedoria popular ou como diz o Papa Francisco que «existem cristãos com cara de "vinagre" ou com cara de Sext

Mensagens mais recentes

Da desobediência ao cumprimento

Sem caridade tornamo-nos seres auto-referenciados

In Memoriam: Fr. Mateus Peres, OP

Perosinho: as confrarias

Perosinho: as capelas da Paróquia

Perosinho: outras independências da paróquia

Perosinho: a igreja paroquial

Deixar Jesus entrar com o irmão